Edital Ministério da Economia: SAIU! 350 vagas para área de TI

Edital Ministério da Economia oferta vagas para Tecnologia da Informação com remuneração de R$ 8,3 mil


O Ministério da Economia publicou o edital de Processo Seletivo Simplificado para contratar por tempo determinado o quantitativo máximo de 350 profissionais para atuar em projetos de Transformação Digital e Serviços (edital Ministério da Economia).


O Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos – Cebraspe é o organizador do certame. As inscrições estarão abertas a partir das 10 horas desta sexta-feira 21.


Edital Ministério da Economia: remuneração e benefícios


Com jornada de trabalho de 40 horas semanais, os aprovados no Processo Seletivo do Ministério da Economia terão remuneração de R$ 8.300,00 e estarão subordinados às disposições da Lei n. 8.745/1993.


Edital Ministério da Economia: inscrições


Interessados em participar do processo seletivo podem realizar as inscrições entre os dias 21 de agosto e 02 de setembro de 2020 por meio do endereço eletrônico: www.cebraspe.org.br/concursos/me_20_pss.


A taxa de inscrição custa R$ 60,00.


Edital Ministério da Economia: cargos e vagas


O processo seletivo oferta vagas para os seguintes cargos:


Especialista em Gestão de Projetos Vagas: 50


Especialista em Infraestrutura de Tecnologia da Informação TI Vagas: 50


Especialista em Ciência de Dados Vagas: 50


Especialista em Segurança da Informação e Proteção de Dados Vagas: 50


Especialista em Análise de Processos de Negócios Vagas: 50


Especialista em Experiência do Usuário (UX) Vagas: 50


Especialista em Desenvolvimento de Software Vagas: 50


Edital Ministério da Economia: etapas


Os candidatos serão avaliados por meio de duas etapas, são elas:

  • Provas objetivas, de caráter eliminatório e classificatório;

  • Prova de títulos, de caráter classificatório.

Prova objetiva


A prova objetiva será aplicada no dia 11 de outubro de 2020 em Brasília/DF, Belém/PA, Florianópolis/SC, Recife/PE, Rio de Janeiro/RJ e São Paulo/SP. A avaliação terá 3h30 de duração.


Disciplinas


A prova objetiva versará sobre as disciplinas de:

  • Conhecimentos gerais (50)

  • Língua portuguesa

  • Língua inglesa

  • Raciocínio Lógico

  • Conhecimentos específicos (70)

Avaliação de Títulos


Os candidatos  também serão submetidos à prova de títulos. Esta prova valerá 10,00 pontos, ainda que a soma dos valores dos títulos enviados seja superior a esse valor. Confira abaixo os títulos que serão aceitos:

  • Diploma de curso de pós-graduação em nível de doutorado (título de doutor) no perfil profissional a que concorre, exceto o eventualmente utilizado como requisito para o perfil profissional pretendido. Também será aceito certificado/declaração de conclusão de curso de Doutorado, desde que acompanhado de histórico escolar. (2,40 pontos)

  • Diploma de curso de pós-graduação em nível de mestrado (título de mestre) no perfil profissional a que concorre, exceto o eventualmente utilizado como requisito para o perfil profissional pretendido. Também será aceito certificado/declaração de conclusão de curso de Mestrado, desde que acompanhado de histórico escolar. (1,20 ponto)

  • Certificado de curso de pós-graduação em nível de especialização, com carga horária mínima de 360 h/a no perfil profissional a que concorre, exceto o eventualmente utilizado como requisito para o perfil profissional pretendido. Também será aceita a declaração de conclusão de pós-graduação em nível de especialização, desde que acompanhada de histórico escolar. (0,60 ponto)

  • Aprovação em concurso público na Administração Pública ou em processo seletivo, na iniciativa privada, para empregos/cargos na área a que concorre. (0,20 pontos)

  • Exercício de atividade autônoma e(ou) profissional de nível superior na Administração Pública ou na iniciativa privada, em empregos/cargos/funções na área a que concorre, exceto a eventualmente utilizada como requisito para o perfil profissional. (0,60 p/ano completo, sem sobreposição de tempo)

Último concurso Ministério da Economia


Devido à sua recente criação, o Ministério da Economia ainda não publicou edital de concurso para pasta.


Mas os extintos ministérios da Fazenda, do Trabalho, do Desenvolvimento e Comércio Exterior e do Planejamento que agora compõem o Ministério da Economia realizaram concursos anteriormente.


Motivos para fazer o processo seletivo

  • O edital oferta 350 vagas;

  • A remuneração é atrativa;

  • Oportunidade de estar inserido no mercado de trabalho.

Resumo do Edital Ministério da Economia


Concurso:Ministério da Economia (edital Ministério da Economia) Banca organizadora:Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos – Cebraspe Cargos: diversos Escolaridade: Nível superior Carreiras: Tecnologia da Informação Lotação–Número de vagas: 350 vagas Remuneração: R$ 8.300,00 Inscrições: de 21/08/2020 a 02/09/2020 Taxa de inscrição: R$ 60,00 Data da prova objetiva: 11/10/2020 Link do edital: Clique AQUI para fazer o download do edital do processo seletivo do Ministério da Economia

--

FONTE: https://blog.grancursosonline.com.br/edital-ministerio-da-economia-2020/

Sistema de Ensino Planeja Concursos - CNPJ 31.442.657/0001-32

atendimento@planejaconcursos.com

© 2014 - 2020 Planeja Concursos