Como organizar melhor o tempo de estudo


Estudar para concursos é um projeto de vida, e o tempo de estudos até a aprovação costuma ser de médio a longo prazo. Para que possamos estudar com qualidade, precisamos organizar melhor o nosso tempo disponível para essa atividade e isso nos levará a ter mais disciplina para seguir com a preparação.


Temos de aproveitar ao máximo a quantidade de horas disponíveis para estudo. Saiba que esse ativo chamado tempo é um privilégio que muitos não têm. Não o desperdice!


1ª DICA: Faça um planejamento diário e um semanal


O planejamento é fundamental para que consigamos aproveitar melhor o nosso tempo. Saber o que faremos/estudaremos em cada dia e em cada semana nos ajuda a controlar melhor a preparação e também a otimizar o nosso tempo.


É importante que o planejamento seja realista. Cuidado para não planejar mais do que você pode cumprir, pois isso poderá te levar à frustração e ao desânimo pelo fato de não conseguir cumprir o planejado.


Existem basicamente dois tipos de planejamento:


Planejamento pré-edital: quando ainda não temos o edital e não sabemos a data da prova, precisamos programar uma quantidade de horas para podermos manter o ritmo e o estudo sustentável até a prova.


Se estiver iniciando seus estudos, nesse momento recomendo que você estude apenas as matérias principais do concurso no qual está se focando, pois isso te ajudará a criar uma base nos estudos. Depois, à medida que for avançando ou até mesmo concluindo alguma matéria, inclua disciplinas novas.


Planejamento pós-edital (reta final): na reta final, é importante incluir todas as matérias do edital e intensificar os estudos. Isso é claro, sem exageros, para que você não esteja esgotado na data da prova.

2ª DICA: Estabeleça metas


Dentro do nosso planejamento de estudos, precisamos estabelecer as metas a serem cumpridas. A meta é a nossa sessão de estudo de cada matéria do edital. Para organizar o planejamento e as metas, recomendo que você faça um ciclo de estudos para intercalar entre as matérias a serem estudadas durante a semana.


Sobre esse assunto, eu queria compartilhar um pouco da minha história com você. Eu era muito ansioso no início da minha preparação. Não é novidade para ninguém que o excesso de ansiedade age de forma contraproducente em relação aos nossos objetivos. No meu caso, a ansiedade era gerada porque eu não conseguia cumprir o cronograma planejado e, com isso, não via meu rendimento melhorar.


Quando passei a adotar os ciclos de estudos com controle de horas, consegui conter uma parcela da minha ansiedade. Eu sabia que o problema de não cumprir o planejamento seria resolvido com os ciclos, pois eles percorrem todas as matérias e dividem a carga horária adequadamente.


Esse estudo por meio de ciclos com divisão das matérias pode fazer parecer que o estudo demora a avançar, mas, com o tempo, você perceberá que o cumprimento das metas diárias te dará mais motivação para continuar estudando até o objetivo maior: sua aprovação.


Cada sessão de estudo deve durar em média 60 minutos, sendo que 50 minutos servem para você estudar a teoria por meio das videoaulas ou do material em PDF e os últimos 10 minutos servem para você treinar com algumas questões.

3ª DICA: Comece cedo/evite a procrastinação


Para aproveitar melhor o seu dia para estudar, se possível, comece logo cedo. Evite procrastinar deixando para começar mais tarde e depois mais tarde, pois, com isso, você pode acabar estudando muito pouco ou até mesmo nada.

4ª DICA: Não espere a hora cheia


Não espere a “hora cheia” para começar o seu estudo. Exemplo: se você for começar o estudo pela manhã e forem 7h43, não espere dar 8h para iniciar o seu estudo. Comece logo! Sente-se para estudar independentemente de qual seja o horário. Pode ser 7h57, sente-se, anote esse horário e comece a estudar.

5ª DICA: Identifique os seus “inimigos” (Netflix, redes sociais etc.)


Cuidado com os seus “inimigos” do estudo: Netflix, redes sociais, WhatsApp.


Estamos nos tornando cada vez mais dependentes da tecnologia hoje em dia, e isso pode fazer com que seja difícil nos concentrar por muito tempo numa única tarefa. Você pode estar acostumado a verificar o seu celular ou o seu e-mail a cada 10 minutos, mas, se realmente quiser se comprometer com os estudos, terá de se esforçar para se concentrar intensamente.


Nós podemos treinar a nossa mente para que ela se concentre mais se estivermos comprometidos com isso.

6ª DICA: Aprenda a dizer “não”


Para conseguirmos cumprir o nosso planejamento e estudar com qualidade, muitas vezes teremos de abrir mão de algumas coisas temporariamente, e precisaremos também dizer “não” para algumas pessoas. Leve a sério a sua preparação e siga o compromisso de se dedicar o máximo possível aos estudos.

7ª DICA: Cronometre o tempo de estudo


Cronometrar o tempo de estudo é atitude de suma importância. Registrando o tempo de estudo, temos condições de corrigir desvios que possam ocorrer na distribuição da carga horária (algumas disciplinas devem ter maior carga horária do que outras). Para fazer esse registro, você fazer o uso de aplicativos.


Ao registrarmos as horas de estudo, podemos observar nosso progresso na quantidade de horas gastas e, principalmente, como a jornada de estudos para concursos pode ser tornar muito longa, temos condições de nos policiar para não perdermos a motivação ao longo do tempo (quando o rendimento está caindo, vem a autocobrança).

8ª DICA: Horas brutas x horas líquidas


Hora bruta é o tempo total que você destinou para os estudos do dia. Hora líquida é o tempo efetivamente usado para estudar, ou seja, descontando-se as pausas e os intervalos. Ao somarmos as nossas horas de estudos, devemos levar em consideração as horas líquidas, as quais representam o nosso tempo efetivo estudando.

9ª DICA: Faça pequenas pausas/intervalos


Outro ponto muito importante é efetuar intervalos entre os tempos de estudo (ou entre as trocas de disciplina). É cientificamente comprovado que o cérebro humano entra na parte descendente da curva de concentração após 60 minutos de estudo, ou seja, após esse tempo, seu rendimento cai muito e vale muito a pena adotar intervalos que durem de 10 a 15 minutos a cada 60 minutos de estudo.


Assim, entre uma disciplina e outra, sugiro que você faça um pequeno intervalo de 10 minutos. Não se prenda em encerrar capítulos, aulas ou mesmo tópicos completos. O ideal é fechar o ponto específico o qual está sendo estudado. Pode ser de um parágrafo para outro, se mudou o ponto estudado e já deu o tempo daquela disciplina, não pense duas vezes: mude de matéria e siga o plano de estudos.


Fazer pequenas pausas e intervalos é importante para te ajudar a manter a concentração. Em alguns momentos, é inevitável que a nossa concentração caia um pouco, ou que bata aquela vontade quase irresistível de interromper o estudo durante o cumprimento da meta. Contudo, eu tenho um lembrete para te dar: nenhuma pessoa vencedora atingiu seu objetivo sem sacrifício e dedicação.

10ª DICA: Aproveite o tempo livre (esperas, deslocamentos ou outras atividades)


Você pode utilizar o áudio das aulas em momentos nos quais esteja no deslocamento para o trabalho, arrumando a casa, fazendo atividade física, esperando na fila do banco ou aguardando alguma consulta. Os áudios te ajudarão a aumentar o seu tempo de estudo e também contribuirão com o seu processo de memorização.


Isso era algo que eu gostava de fazer e me ajudou muito durante a minha preparação. Eu estudava pelo áudio das aulas, mas você pode resolver questões ou ler a “lei seca”.

Bom… é isso. Espero que você tenha gostado e que esse artigo possa te ajudar nos estudos e na sua preparação. Bons estudos e sucesso na sua trajetória!


--

FONTE: https://blog.grancursosonline.com.br/como-organizar-melhor-o-tempo-de-estudo/

Últimas
unnamed.png

Sistema de Ensino Planeja Concursos - CNPJ 31.442.657/0001-32

atendimento@planejaconcursos.com

© 2014 - 2021 Planeja Concursos