Exame da Ordem e Concursos: Getting things done!

Pensando na eficácia, otimização e completude das atividades, o Endireitados traz uma ferramenta parai auxiliar você no Exame da Ordem e Concursos Públicos.

 

Pensando na eficácia, otimização e completude das atividades, o blog Endireitados traz uma ferramenta que com certeza vai auxiliar você para o Exame da Ordem e Concursos Públicos.

 

O livro Getting Things Done, que no Brasil ganhou as traduções de “Produtividade Pessoal” e mais recentemente “A Arte de Fazer Acontecer” mudou a forma de organizar as atividades. Longe de ser um livro de auto-ajuda, a obra de David Allen traz na verdade uma eficiente metodologia de organização pessoal com o objetivo de:
 

 

 

  •  Fazer você trabalhar mais produtivamente
     

  • Liberar sua mente para pensar em coisas criativas
     

  • Ter controle sobre (quase) tudo o que você tem a fazer
     

  • Fazer você trabalhar menos tempo

 

Embora sejam tratados por alguns como revolucionários, os ensinamentos de David Allen na verdade compõem apenas uma método claro para as pessoas aprenderem a lidar melhor com seus afazeres.

 

Todos nós lidamos com eles todos os dias, mas fazemos isso muito mais intuitivamente do que organizadamente. O segredo da metodologia GTD está apenas em organizar a forma como processamos e executamos essas informações.

 

O conceito da metodologia GTD
 

O conceito-chave do método de Allen é que a produtividade das pessoas é proporcional à capacidade de deixar o trabalho fluir. A idéia é mantenha o foco nos resultados ad infinitum e sempre execute a ação mais imediata da atividade mais importante. Esse conceito obviamente é muito mais destrinchado no livro, indispensável mesmo com as diversas informações disponíveis na web sobre a metodologia.

 

O GTD orienta a retirar tudo das nossas cabeças, colocando as pendências que temos em um sistema confiável, que seja revisado periodicamente. Com a mente livre de lembrar de tudo o que temos a fazer, aumenta o espaço disponível para a criatividade e a solução dos problemas.

 

O fluxograma da metodologia
 

Essas são as cinco macro-etapas do Getting Things Done:
 

1) Coletar

 

2) Processar

 

3) Organizar

 

4) Revisar

 

5) Executar

 

Primeiro devemos coletar – física e mentalmente – todas as pendências que temos, todas mesmo. Depois que estiverem todas reunidas em um sistema confiável e fora de sua cabeça, devemos processá-las e organizá-las uma a uma, perguntando-se o que é, se é passível de ação (se não for, arquiva-se), e qual encaminhamento deve ser dado (fazer na hora, delegar, adiar ou pôr no calendário).

 

Veja como funciona, no diagrama feito pelo site Gestão de Tempo:

 

 O último ato é executar, perguntando-se sempre qual o primeiro passo em termos de movimento físico que deve ser feito para que aquela pendência deixe de ser uma pendência.

 

--

 

FONTE: https://endireitados.jusbrasil.com.br/noticias/191052671/exame-da-ordem-e-concursos-getting-things-done | https://mude.vc/

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Please reload

Últimas
Please reload

PLANEJACONCURSOS.COM

PARCEIROS:

logo gen.jpg
Logo_cursoenfase.png

REDES SOCIAIS:

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
Planeja Concursos - © 2014 - 2019 
Sistema de Ensino Planeja Concursos - CNPJ 31.442.657/0001-32